Passageira de voo de SP é socorrida com suspeita de gripe H1N1 em MS

08/04/2016

Reportagem de

Uma passageira de um voo da TAM que saiu de Guarulhos (SP) com destino a Campo Grande foi socorrida com suspeita de H1N1 na manhã desta sexta-feira (8). Ao G1, a companhia aérea informou que a mulher passou mal durante a viagem e que "presta assistência necessária à cliente" e que "segue todas as determinações do Ministério da Saúde".

A mulher recebeu atendimento emergencial do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda dentro da aeronave, no Aeroporto Internacional de Campo Grande, e foi encaminhada para uma unidade de saúde.

A Infraero informou que às 8h17 (de MS) foi alertada pela companhia aérea da suspeita de H1N1. Cinco minutos depois colocou em prática o plano de emergência e acionou o Samu.

Ainda conforme a Infraero, a aeronave pousou em Campo Grande às 8h37 e às 9h52 a ambulância entrou no pátio de aeronaves, deixando o local às 10h05. A assessoria da companhia contesta a informação de que a aeronave tenha permanecido tanto tempo parada.

A paciente foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Vila Almeida, que, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é referência em caso de suspeita de H1N1. O estado de saúde dela é considerado estável e não apresenta febre nem falta de ar. A TAM não informou quais os sintomas apresentados pela passageira durante o voo.

Números
No boletim epidemiológico divulgado nesaa quinta-feira (7) pela Secretaria de Saúde do Estado, consta 106 casos notificados de H1N1, 11 confirmados e ainda três mortes.Além disso, também houve um caso de influenza B confirmado na capital sul-mato-grossense.

Foram registradas três mortes: em Campo Grande, Corumbá e São Gabriel do Oeste. A última foi uma mulher de 56 anos, que morreu na Santa Casa da capital, na quarta-feira (6).

 

 

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes