Sete pessoas serão imunizadas após ter contato com criança que morreu com suspeita de meningite

26/04/2016

Reportagem de

 

Carlos Eduardo, de 5 anos, morreu no Hospital Santo Antônio Maria Zacaria, na última quinta-feira, 21.

 

O motivo da morte ainda é desconhecido, porém há suspeita de que ele evoluiu a óbito por causa de meningite.

 

A doença consiste na inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, ocasionada principalmente, por vírus, bactérias, fungos e parasitas, sendo que as mais preocupantes são as bacterianas e virais podendo ser transmitidas com contato com a saliva, através do beijo, tosse ou espirro.

 

A suspeita de que Carlos Eduardo tenha tido a doença é da Secretaria Municipal de Saúde que acompanha o caso, desde o falecimento da criança.

 

O primeiro hospital a receber Carlos Eduardo foi o Hospital Geral de Bragança, na quarta-feira. Segundo informações obtidas por nossa equipe, a criança chegou com convulsão na unidade, dificultando a comunicação para diagnóstico.

 

Como o estado dela piorou, foi encaminhado no dia seguinte para o Hospital Santo Antônio, com quadro avançado dos sintomas. A criança não resistiu e faleceu.

 

Tentamos entrar em contato com o Santo Antônio, que ficou de retornar a ligação, mas até o fechamento desta matéria, não obtivemos retorno.

 

Procuramos a direção do Hospital Geral e fomos informados que só irão se pronunciar, nesta quarta-feira, por meio do diretor clínico, Dr. Junior.

 

Segundo Vinicius Oliveira, diretor de Vigilância em Saúde, a suspeita clínica seria o suficiente para que a criança fosse encaminhada para um hospital especializado.

 

Carlos Eduardo morava na comunidade do Jiquirí, em Bragança, nordeste do Pará.

Ele estudava nesta escola municipal.

 

Por orientação da SEMUSB, a escola fez procedimentos assépticos para prevenir da doença. Como não se tem certeza da doença e por precaução, sete pessoas, entre elas, duas crianças que tiveram contato direto com Carlos Eduardo serão imunizadas através de vacinação. Para Vinicius, a doença avança com mais rapidez de acordo com o quadro imunológico da pessoa.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes