Audiência discute redução de cargas horárias no ensino médio

28/06/2016

Reportagem de

O encontro reuniu todos públicos do quadro da educação, gestores, professores e alunos, além de representantes de sindicato e do governo, no auditório de uma escola particular, no centro de Bragança, na manhã desta terça-feira, 28.

 

Esta é a 1ª Audiência Pública no município que apresenta o projeto de alteração das Matrizes Curriculares do Ensino Médio, que trabalha a proposta de reduzir cargas horárias nesta etapa de ensino e que pode, segundo alguns manifestantes, afetar cerca de 300 mil alunos de 589 escolas do Pará.

O objetivo do encontro é que a proposta seja discutida e esclarecida, com base no entendimento que a atual configuração das cargas horárias sejam excessivas, é o que afirma Jaime Roberto Silva, coordenador do ensino médio da SEDUC.

 

Mas para o Sintepp, a proposta é vista como uma sabotagem, porque além de diminuir o tempo de ensino, afetará a vida de profissionais da educação.

 

Segundo Léia Pinto, presidente do Sintepp Bragança, o fato só está em discussão porque a classe, junto as instituições, foi as ruas.

 

Em meio as discussões, os alunos buscam o melhor caminho para este impasse. Jéssica Silva representou os alunos e busca esclarecimentos no evento.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes