AGÊNCIA DO BB DE BRAGANÇA ABRE AS PORTAS PARA SERVIÇOS LIMITADOS

21/09/2016

Reportagem de

 

Mesmo com a greve deflagrada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenabam), há 16 dias, a gerencia do Banco do Brasil de Bragança abre as portas a partir desta quarta-feira, 21. A maior parte dos serviços estarão à disposição dos clientes. Por conta do baixo contingenciamento estes serviços sofrerão com a lentidão porque parte dos funcionários ainda permanecerá em greve.

 

A gerencia informou que a decisão partiu do setor administrativo, entendendo que não há justificativa para manter a greve devido à baixa adesão.

 

A gerência do Banco da Amazônia informou que não há previsão para o fim da greve, mas que os atendimentos acontecem, também de forma limitada, para desbloqueio de cartão e concessão de crédito.

 

Nossa equipe não conseguiu entrar em contato com a gerência do Bradesco e Banpará.

 

Enquanto isso, correspondentes bancários como este no centro de Bragança se encarregam de fazer parte dos serviços, como pagamento de boletos, depósitos e saques. Não que as agências não estejam fazendo por meio de seus caixas eletrônicos.

 

No correspondente bancário os serviços são feitos diretamente no caixa:

  • Para quem quer fazer pagamento, o limite é de até R$ 1mil;

  • Quem deseja fazer depósito o limite é até R$ 500;

  • E quem quiser sacar, o valor é de até R$ 1500.

Os atendimentos são das 9 às 15h, sem intervalo para almoço.

 

A reivindicação da categoria é de 12,78% de reajuste nos salários, auxílio alimentação, auxílio creche/babá, participação nos lucros e contratação de bancários. Os trabalhadores rejeitaram a proposta apresentada pelos bancos de reajuste de *7%* (2,39% abaixo da inflação) de reajuste salarial com abono de R$ 3.300.

 

Sem acordo, a greve se mantém sem previsão de chegar ao fim.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes