Bomba no João Alves da Mota tem ligação elétrica sem medidor de consumo

06/10/2016

Reportagem de

 

Os moradores do conjunto João Alves da Mota vivem a duras penas. A principal dificuldade está na distribuição de Água. Apenas estas duas caixas para suprir a necessidade de quase 5 mil moradores.

 

O consumo frequente sobrecarrega as bombas que sempre apresentam problemas. Hoje, os moradores mais uma vez acordaram sem água. Apenas uma bomba está funcionando e de forma limitada. Os moradores têm que sair de suas casas para garantir o liquido.

 

Ronysson Silva é responsável pela distribuição e diz que uma nova bomba está disponível para instalação. Porém falta fiação elétrica.

 

Segundo ele, os moradores estão sem contribuir com a manutenção e não tem dinheiro em caixa.

 

O morador Sebastião Rodrigues quer que a situação seja resolvida, não de forma parcial.

 

A bomba funciona com energia que vem direto da rede de distribuição, sem nenhum medidor de consumo, o que caracteriza ligação clandestina.

 

E quem está pagando o consumo, segundo alguns moradores, é a prefeitura. Mas qual seria o valor, se não há como identificar a energia consumida?

 

Outros moradores disseram que há ameaças de a Celpa fazer o corte da energia, e com isso, definitivamente os moradores ficarão sem água.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes