Novas multas e infrações começam a valer a partir de hoje

01/11/2016

 

O peso das multas foi dividido em sete níveis: Leve, Média, Grave, Gravíssima, e as gravíssimas por meio de um multiplicador: Gravíssima x3, Gravíssima x5, e Gravíssima x10.

 

A tabela ficou assim:

 

Leve: R$ 88,38 (hoje) R$ 53,20 (antes) e menos 3 pontos na CNH

Média: R$ 130,16(hoje), R$ 85,13 (antes) e menos 4 pontos na CNH

Grave:  R$ 195,23(hoje), R$ 127,69 (antes) e menos 5 pontos na CNH

Gravíssima: R$ 293,47(hoje), R$ 191,54(antes) e menos 7 pontos na CNH

Gravíssima x3:  R$ 880,41(hoje), R$ 574,62 (antes) e menos 21 pontos na CNH

Gravíssima x5:  R$ 1.467,35(hoje), R$ 957,70 (antes) e menos 35 pontos na CNH

Gravíssima x10: R$ 2.934,70(hoje), R$ 1.915,40 (antes) e menos 70 pontos na CNH.

 

As multas mais comuns também receberam reajustes, a exemplo de dirigir sem CNH, o valor passou de R$ 53,20 para R$ 88,38; Parar na calçada a infração custava R$ 53,20 e passou a valer R$ 88,53;

  • Parar veículos em faixa de pedestres a multa era de R$ 85,13, agora R$ 130,16;

  • Parar em vaga reservada a pessoa idosa ou com deficiência antes era R$ 127,69, hoje R$ 293,47;

  • Estacionar em local/horário com proibição de parar e estacionar hoje R$ 195,23 antes era R$ 127,69; Não usar cinto de segurança a multa era de R$ 127,69, agora de R$ 195,23;

  • Avançar sinal vermelho  R$ 293,47, antes R$ 191,54;

  • Dirigir com CNH vencida antes era R$ 191,54 e hoje passa a valer R$ 293,47;

  • Fazer retorno em local proibido antes R$ 191,54, hoje R$ 293,47;

  • Levar menor de 10 anos no banco da frente hoje R$ 293,47, antes do reajuste R$ 191,54;

  • Dirigir sob efeito de álcool antes era R$ 1.915,40, hoje R$ 2.934,70 além suspensão da CNH.

 

Som alto agora é multável e Impedir o trânsito também

 

Carro com som alto, ao ponto de ser ouvido do lado externo, no flagrante, independentemente de volume ou frequência, pode ser autuado com multa de R$ 127,60. A lei já está valendo desde o dia 24 de outubro.

 

E no caso do impedimento no trânsito, a novo medida do governo também pretende coibir quem utiliza algum tipo de veículo, sem autorização do órgão de trânsito, para interromper, restringir ou perturbar a circulação na via. Situação comum em protestos com carro de som.

 

A infração será considerada gravíssima, mas com multiplicador de 20 vezes no valor da multa, chegando também a R$ 5.869,40.

 

Fonte: Gazeta do Povo

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes