Educadores entram em greve em Augusto Corrêa

27/12/2016

Reportagem de

 

Os profissionais da educação seguiram pelas principais ruas da cidade de Augusto Correa, nordeste do Pará, na manhã desta terça-feira, 27.

 

Eles reivindicavam pelo não pagamento do 13º salários da pasta, que segundo a frente do protesto, não tem previsão de sair. Por causa disso, a classe decidiu por greve em tempo indeterminado.

 

Os educadores pararam em frente a prefeitura do município e depois tomaram o prédio. A prefeita Romana Reis recebeu uma comissão em seu gabinete para negociar.

 

Além da pasta da educação, a da saúde também passa pelo mesmo problema. Segundo a coordenação, a falta de recursos tem sido a justificativa da gestão de Augusto Corrêa.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes