Em Dia do Farmacêutico, município deve se adaptar para atendimentos diários com o profissional

20/01/2017

Reportagem de

 

Hoje a dona de casa Ana Maria aproveitou que estava na feira, para dar uma passadinha na farmácia e ver a situação de sua pressão arterial.

 

É isto mesmo, na farmácia ela pôde receber o atendimento pelo profissional da saúde.

 

A presença do farmacêutico é indispensável em atendimentos como este, podendo viabilizar os serviços que costumam ser feitos em unidades de saúde.

 

Segundo a Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), a partir deste ano, há uma exigência progressiva em número de horas da presença do farmacêutico nas drogarias, é o que afirma o farmacêutico e bioquímico Alexandre Derze, da CIB Farma, em Bragança..

 

O termo de ajustamento de conduta foi emitido no dia 05 de outubro de 2016 pelo Ministério Público do Estado do Pará, no ato representado pelo promotor Daniel Barros.

 

Neste termo, as farmácias de Bragança devem atender as exigências contidas nas cláusulas.

As demandas de tempo de permanência do profissional nas farmácias segue da seguinte forma:

 

  • A carga horária para 2017 é de 2 horas diárias, já em vigor;

  • A partir de 1º janeiro de 2018, a carga horária aumentará para no mínimo 4 hora diárias;

  • A partir de 1º janeiro de 2019 para 6 horas diárias;

  • A partir de 1º janeiro de 2020, para 8 horas diárias.

O Ministério Público entende que com isso, a população terá seus direitos básicos respeitados, especialmente a proteção à vida, à saúde e a segurança contra riscos provocados por práticas de automedicação.

 

Alexandre Derze é farmacêutico há mais de 20 anos e ama o que faz. Hoje ele celebra o dia do Farmacêutico colocando em prática o que ele aprendeu nos estudos, na vida, principalmente com amor ao próximo.

 

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes