Agentes de Endemias realizam vistoria em esgoto a céu aberto no conjunto João Mota II

24/01/2017

Reportagem de

 

O objetivo é prevenir focos do mosquito Aedes aegypti. Por erros no projeto de execução da obra do residencial minha casa minha vida, agora os moradores são obrigados a conviverem o esgoto.

 

Para eliminar qualquer chance do mosquito Aedes aegypit, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika, se reproduzir os agentes de endemias jogam inseticidas.

 

Embora a campanha de combate ao mosquito comece só em maio, os agentes já fazem vistorias nas casas e locais onde o mosquito está. De acordo com a Fundação Nacional de Saúde, em Bragança, foram registrados 14 casos confirmados de dengue, 01 de febre chikungunya e nenhum caso de zika no ano passado.


Por causa do trabalho preventivo Bragança é um dos municípios do Pará que apresentam uma das menores taxas de casos confirmados de dengue, febre chikungunya e zika. Mas para esse resultado continuar é preciso que a população faça sua parte com atitudes simples.


Para os próximos dias a FUNASA vai solicitar a prefeitura de Bragança para que faça uma visita técnica e realize uma limpeza no local.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes