Pai sofre sem poder trabalhar e manter filhos doentes

24/01/2017

Reportagem de

 

Há dois anos o lavrador Raimundo Nonato, de 53 anos, vive em uma cadeira de rodas. Ele é pai de 2 filhos e morava no Mimi, interior de Tracuateua, há 30 km de Bragança. Raimundo começou a perder o movimento das pernas depois de sentir fortes dores.

 

O médico o diagnosticou com reumatismo e hérnia aguda. Mas, antes de ter sua vida mudada radicalmente, ele não tinha dificuldade de manter a família.

 

Hoje ele, a esposa, e os dois filhos, estão morando com a irmã Maria Joana.

 

Os dois filhos nasceram com problemas de saúde, o mais velho, de 9 anos, enxerga parcialmente, e o mais novo, de 5 anos, não anda.

 

O pequeno Gilson Cunha passar a maior parte do tempo na rede. O pescoço não tem a rigidez necessária para manter a cabeça erguida.

 

Sônia Maria, mãe do pequeno Gilson, não tem outra alternativa, além de perdi ajuda, já que trabalhar nestas condições está sendo impossível.

 

Além de cuidados médicos, Gilson hoje está precisando de fraudas, alimentos, e uma cadeira especial para se locomover. Até um carrinho de bebê pode ajudar a mãe no momento.

 

Na casa aonde estão há 5 meses, apenas uma pessoa trabalha, e isto tem aumentado a dificuldade de mantê-los na pequena moradia.

 

Se você quiser ajuda é só entrar em contato pelo fone do SBT Bragança (91) 98247-3421, pelo e-mail sbtbragancapa@gmail.com , ou pelo bate papo da fanpage Alerta Cidade ou pelo site sbtbraganca.com.br.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes