Cratera volta a ameaçar tubulação da Cosanpa na Mendonça Furtado

21/03/2017

Reportagem de

 

A primeira vez que a equipe do SBT reportou um assunto parecido no mesmo local foi no dia 12 de janeiro deste ano.

 

Uma cratera se abriu em um trecho da Mendonça Furtado (BR 308), no Samaumapara. Uma tubulação importante da Cosanpa ficou exposta, e isto causou temor a vizinha e preocupação a concessionária que distribui água.

 

Um dia depois, uma equipe do DNIT compareceu ao local para fazer a recuperação da via.

Após dois meses, nossa equipe é acionada mais uma vez, para mostrar que o buraco voltou, ao lado do que foi recuperado.

 

Esta outra moradora, que não quis ser identificada, teme o pior.

 

Para eles, não basta apenas colocar o asfalto, é necessário a construção de galerias para facilitar o escoamento da água.

 

A água vem da parte mais alta da pista.

 

O lavador de carros José dos Santos, que mora em uma das áreas mais delicadas do trecho, vê a situação se agravar a cada dia.

 

Ele mora na baixada, entre a Mendonça Furtado e a Duque de Caxias. A erosão que ocorre nas barragens ameaça cada vez mais sua casa.

 

Com a erosão também veio a exposição da tubulação da Cosanpa.

 

E metros dali, uma tubulação quebrada faz jorrar do asfalto o desperdício de água. O fluxo deixa o solo mais propício a formação de buracos.

 

A equipe do DNIT foi informada por nossa equipe sobre o ocorrido e aguarda resposta.

 

A Cosanpa também foi procurada e disse que até amanhã fará a manutenção do vazamento na via e que aguarda a disponibilidade do Departamento municipal de Transito para controlar a via durante os trabalhos.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes