Moradores de Bacuriteua reclamam de alagamentos constantes

04/04/2017

Reportagem de

 

Dona Maria, hoje aposentada, vive no mesmo local há dez anos, uma área periférica da vila de Bacuriteua, interior de Bragança.

 

Durante todo o tempo vivendo na conhecida Rua Nova,a aposentada relata sobre os danos em sua residência, causados pelos alagamentos.

 

Por conta de tantos problemas e nenhuma solução, a moradora resolveu tomar uma atitude.

 

Dentro da casa de dona Maria, algumas poças d'água, o que ficou do último alagamento.

 

 

Do lado de fora da residência o problema agrava, boa parte da via está alagada, quem precisou passar pelo local encontrou dificuldade.

 

E como não teve outro jeito, esta moradora que precisava chegar em casa,não teve medo e se arriscou ao atravessar pela lama.

 

Andando poucos metros dali, flagramos mais pessoas trafegando a pé pelas ruas alagadas, uma cena triste que está deixando os moradores da área, indignados.

 

Por todos os lados, as ruas viraram uma espécie de rio, com direito a correnteza, situação criada pela falta de infraestrutura na vila.

 

Neste outro ponto, esta moradora foi obrigada a usar um balde para tentar tirar a água de dentro da própria casa. Na frente da residência, o terreno virou um lado.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes