Correios - setor mantem greve por tempo indeterminado

03/05/2017

Reportagem de

 

Em greve desde o dia 27 de abril, as agências dos Correios resolveram manter a decisão de paralisação durante assembleias que ocorreram pelo Brasil nesta terça-feira, 02.

 

Agora com mais gente aderindo ao plano de protesto contra o governo que pretende fechar 250 agências, ameaça privatizar, demitir concursados e realizar "desmonte fiscal" da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo e patrocínios.

 

Dos 36 sindicatos da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares, 23 já aderiram a greve em todo o território nacional.

 

No município de Bragança apenas o setor de entrega de correspondência foi afetado. Segundo informações, o próprio gerente é quem está fazendo as entregas, com apoio de funcionários da ala administrativa.

 

Enquanto não houver acordo, a greve se manterá por tempo indeterminado.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes