Sessão polêmica em Tracuateua gera acusações contra governo

11/08/2017

Reportagem de

 

O espaço dedicado a cidadãos comuns foi usado por Hugo Armando, esposo da ex-secretária municipal de saúde de Tracuateua, Naura Figueiredo, que pediu exoneração do cargo, no mês passado.

 

Em seu pronunciamento, ocorrido na sessão desta sexta-feira, 11, em mais de 20 minutos, Hugo Armando, que trabalhou com a esposa na gestão, fez sérias acusações contra o governo de Tamariz Cavalcanti, todas elas de forma verbal.

 

Hugo justificou que enquanto secretária, sua esposa obteve resistência do gestor para administrar a pasta.

 

Ele defende a tese que o atual governo usou e usa a máquina pública em um sistema vicioso e corruptível.

 

Durante sua explanação, ele foi indagado por um dos vereadores, de que durante a gestão da esposa, a câmara solicitou nomes e números da pasta, porém o pedido nunca foi atendido. Em entrevista a nossa equipe de reportagem, Hugo respondeu que Tamariz é volátil nas decisões de cargos, tendendo sempre as razões políticas, isso, segundo ele, impediu a gestão da pasta de responder ao legislativo.

 

O governo também teve espaço na sessão. Representado pelo secretário de governo, Osmar Lisboa, rebateu as investidas afirmando que enquanto secretária, Naura Figueiredo, nunca informou o governo da pendências.

 

Para Osmar Lisboa, a explanação do esposo da ex-secretária, foi um ato confesso de inúmero crimes cometidos por Hugo Armando.

 

Muita gente tem reprovado a gestão de Tamariz em seus 7 meses de governo. A falta de medicamentos nas unidades de saúde é um dos assuntos mais influentes nesta avaliação. Ainda ontem, um trecho da BR 308, a altura de Vila Fátima, foi bloqueado para protesto.

 

Os mesmos ânimos que geraram o manifesto, se repetiram na sessão de hoje na Câmara de Tracuateua.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes