Suspeito de assédio é pego pela polícia, ele acusa mulher de dar bola

04/10/2017

Reportagem de

 

Aderaldo Rodrigues Alves de 31 anos é suspeito de assediar mulheres em Bragança. O caso foi levado à delegacia de polícia civil, depois de uma das vítimas ter criado coragem para denunciar o crime.

 

Segundo informações da autora da denúncia, o suspeito passou a mandar mensagens para o celular da vítima, oferecendo bens e dinheiro em troca de relações sexuais.

 

À nossa reportagem, a vítima, relatou como o homem se aproximou virtualmente, ela ainda informou que para se identificar, o suspeito usava o nome Roberto.

 

Nossa equipe teve acesso à mensagens enviadas pelo suspeito para o celular da vítima; o conteúdo era na maioria das vezes imoral, obsceno e ainda intimidador.

 

Entre tantas mensagens enviadas, até uma imagem mostrando o órgão genital foi enviada à vítima.

O suspeito já vinha sendo monitorado por amigos da vítima e diante do medo e da insegurança, a autora da denúncia resolveu agir.

 

De acordo com informações, a vítima marcou um local para encontra-se com o suspeito, no momento exato ele foi abordado por policiais à paisana que acompanhavam a situação de perto.

 

Detido, Aderaldo foi encaminhado à DEPOL; com ele a polícia apreendeu dois celulares, um preservativo e ainda uma quantia em dinheiro.

 

Para a imprensa, o “mulherengo” como ele mesmo se intitulou, tentou justificar suas atitudes.

 

Em poucos minutos enquanto o caso estava sendo registrado na delegacia, mais vítimas chegaram para reconhecer Aderaldo; o suspeito continuou negando as práticas criminosas.

 

Após ser preso, agora Aderaldo Alves ficará a disposição da justiça.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes