Seminário promovido pela UFPA discute educação sem preconceito racial

23/11/2017

Reportagem de

 

O processo da formação de educadores e sua relação étnico racial na sociedade foi ponto chave no I Seminário que discute a formação curricular de docentes que ocorre no Campus da Universidade Federal do Pará, em Bragança.

 

O auditório Maria Lúcia Medeiros recebeu grande número de pessoas, entre eles, professores e alunos.

 

A programação é um convite a reflexão sobre como é tratado o preto na sociedade. O evento além de aprofundar o assunto, será uma quebra de paradigmas e preconceito sociais.

 

Figuras respeitadas no campo da educação étnico racial participaram do seminário, como a doutora em ciência Zélia Amador, e a doutora em educação Wilma de Nazaré.

Para elas é fundamental que a cor e a raça sejam vistos como assuntos no cotidiano, sem preconceitos.

 

O evento é uma promoção da Universidade Federal do Pará.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes