Blocos arrastam milhares de pessoas no fim do carnaval em Bragança

14/02/2018

Reportagem de

 

Mas mesmo com a violência que impera hoje nas cidades tanto do interior quanto das capitais, essa grande festa popular que é. O carnaval não morreu.

 

Em Bragança milhares de pessoas acompanharam os blocos que costumam sair no período. Um exemplo disso foi o Urubu Cheiroso, aonde vai quem deseja se divertir sem preocupação com a fantasia ou com a música.

 

O  carnaval serve muito  para demonstrar a criativa do  povo na hora de adquirir as alegorias, contanto que dê para fazer uma self e mostrar para a família e os amigos.

 

Por aqui o Coringa estava desconfiado com medo dos Espiões. A Branca de Neve foi, mas não levou Os Sete Anões.

 

No carnaval teve casamento embora fosse de mentirinha, mas teve até disputa pelo buquê. Personagens dos filmes realmente não faltaram e até  o pirata estava por lá.

 

Mas forte mesmo estava o Incrível Hulk que estava mansinho no meio da multidão. Havia os metralhas, o rei e até aqueles que imaginavam  que estavam sendo carregados.

 

E assim a multidão seguiu acompanhando o tradicional urubu cheiroso, nos últimos dias de folia.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes