Clima de confusão na Câmara de Tracuateua entre educadores e vereadores

26/03/2018

Reportagem de

 

Clima de muita confusão na sessão legislativa do município de Tracuateua, nordeste do Pará, na manhã desta sexta, 23.

 

Os educadores estavam reenvidando possível redução na carga horária que poderia ser votada na sessão.


Para isso, o Sintepp do município solicitou o uso da fala na tribuna para se manifestar. Mas o espaço não foi cedido, porque, conforme o setor jurídico da Câmara, duas outras pessoas já tinham solicitado o espaço na tribuna, o que segundo o regimento interno da casa, apenas dois inscritos podem falar por sessão.

A manifestação do jurídico para dizer ao Sintepp que o espaço não seria dado aos educadores nesta sexta foi enviada ao Sindicato por meio de Oficio, conforme relata a advogada Tânia Alves.

Em contrapartida, o coordenador do Sintepp afirma que este documento nunca chegou a eles.

A assessora jurídica da Câmara disse que foi  julgada por falsidade ideológica e falsificação de documentos, e que por conta disso vai processar os envolvidos.

Os educadores reivindicam além da manutenção das cargas horárias, a reforma de escolas e transporte escolar. Em meio a esta confusão, os profissionais foram informados que um novo espaço já foi agendado para o dia 13 de abril.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes