Educadores da rede municipal farão paralisação nesta terça, 24

23/04/2018

Reportagem de

 

Educadores da rede municipal de ensino farão uma paralisação nesta terça-feira, 24, cobrando do poder público a correção do cálculo de hora/atividade e denunciar as contratações indevidas que a pasta vem fazendo.

 

Os assuntos são apresentados pela coordenação do Sintepp que após assembleia geral ocorrida na última semana decidiu pela paralisação.

 

O objetivo é cobrar do secretário o cumprimento de obrigações pautados em reuniões com a classe e que não estão sendo executadas.

 

Segundo o Nonato Ceará, que integra a coordenação do Sintepp em Bragança, o cálculo adotado pela Semed está incorreto.

 

Nonato ainda fala que educadores que possuem mais de 100h/aula não receberam a gratificação do mês passado.

 

O Sintepp denuncia que a prefeitura de Bragança faz contratações indevidas e que existe servidores com acúmulo de cargos.

 

Alguns servidores que tem ligação com o Sintepp sofrem represálias, diz Nonato Ceará. A perseguição reflete diretamente sobre a hora/atividade do profissional.

 

Leia Pinto, também da coordenação do Sintepp disse que além destas pautas, a merenda escolar que está chegando de forma incompleta nas escolas tem penalizado muitas crianças.

 

Durante a paralisação, os profissionais da educação também pedirão por um município mais seguro.

 

A concentração dos educadores vai ocorrer na Praça da Bandeira, as 8h da manhã, e deve terminar no prédio do Ministério Público aonde os manifestantes pedirão celeridade nos processos que estão parados desde o ano passado.

 

Durante uma coletiva que aconteceu no gabinete do prefeito no inicio da tarde desta segunda-feira, 23, o secretário de educação respondeu aos questionamentos apresentados. Acompanhe na reportagem no vídeo.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes