Em dia de paralisação educadores protestam contra governo municipal

25/04/2018

Reportagem de

 

O dia de paralisação da rede pública de ensino reuniu centenas de educadores em ato público. Os profissionais se concentraram na Praça da Bandeira na manhã desta terça-feira, 24.

 

A categoria exigia do poder público municipal a correção do cálculo de hora/atividade, se manifestou contra contratações indevidas que a pasta vem fazendo, denunciou perseguições sofridas a pessoas ligadas ao movimento e exigiu trabalho do Ministério Público sobre casos pendentes desde o início de 2017 que envolve a gestão municipal.

 

O professor Jesiel Melo afirma que o secretário de educação do município prega uma zona de conforto que não é real. E reforça irregularidades que a gestão vem cometendo.

 

Em apoio ao movimento, Rivaldo Miranda foi o único do legislativo de Bragança a apoiar a classe no ato.

 

Da praça, os educadores seguiram por algumas ruas do Centro, fizeram parada em frente a Semed e finalizaram a caminhada no prédio do Ministério Público para cobrar dos promotores celeridades nos processos que envolvem a gestão municipal.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes