Maioria é contrária a requerimentos sobre acesso a documentos de processos licitatórios do executivo

17/05/2018

Reportagem de

 

O governo municipal de Bragança continua mostrando sua força no legislativo. Diferente da quinta-feira passada, que apenas 6 vereadores estiveram para a sessão que foi cancelada por falta de quórum, os parlamentares estiveram todos presentes para a sessão desta quinta-feira, 17.

 

Dois requerimentos polêmicos voltaram à tona para serem discutidos e votados, os de número 490 e 491 do vereador Rivaldo Miranda, que exigiam do governo o encaminhamento de documentos de processos licitatórios de pregões para asfaltamento e outros anexos que serviriam para apreciação dos parlamentares. Dezesseis vereadores votaram contra e os requerimentos foram reprovados.

 

Os vereadores entenderam, com base nos argumentos de César Monteiro, que pediu voto em separado aos requerimentos de Rivaldo, que todas as informações necessárias para apreciação estão no Portal da Transparência.

 

O vereador ainda disse, que o pedido de Rivaldo Miranda pode atrapalhar nos trabalhos do executivo.

 

Rivaldo Miranda justifica o porque dos pedidos e afirma que nem todas as informações constam no Portal da Transparência.

 

Rivaldo reforça que o fornecimento de dados e informações por parte da prefeitura em nada atrapalha os trabalhos do executivo, pelo contrário, ajudam no bom andamento dos trabalhos.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes