Com estrutura abalada, para onde irá a escola Simplicidade Medeiros?

19/06/2018

Reportagem de

 

Inaugurada em 2011 pelo então prefeito Edson de Oliveira, a escola Dr. Simpliciano Medeiros Junior, localizada no bairro da Aldeia, sempre foi motivo de críticas. Principalmente quanto a sua construção ao lado de um córrego: o rio Cereja.

 

Em épocas de chuvas, o prédio sofre com alagamentos e com isso suas estruturas vêm sendo abaladas. Nossa equipe registrou rachaduras nas paredes. Em algumas salas o chão cedeu. Na parede do laboratório se destaca o espaço entre o concreto e a janela, ocasionado pelo sedimento do piso e das rachaduras.

 

A situação piorou com os últimos episódios. As fortes chuvas deixaram a instituição ilhada mais uma vez.

 

Diante dos acontecimentos, órgãos de segurança como Defesa Civil e Corpo de Bombeiros orientaram pela suspensão das aulas, para que fosse feito estudos da estrutura, até ter a certeza de que o espaço estaria seguro para o retorno das atividades.

 

Foram 16 dias sem aulas, até a autorização do então secretário de educação Luíz Augusto Soares. Hoje as atividades seguem normais e a comunidade ainda aguarda o laudo da Defesa Civil.

 

Segundo o prefeito Raimundo de Oliveira e responsável temporário da secretaria de educação, durante a coletiva de imprensa ocorrida na manhã desta segunda-feira, 18, as aulas seguem para viabilizar o calendário letivo.

 

O prefeito é ciente de que a instituição deva sair do atual espaço e um dos locais já visados pela instituição é o prédio do “Nove Balões”, no centro da Cidade.

 

Embora o desejo do gestor seja este, a comunidade estudantil da Aldeia quer que a nova estrutura da escola seja construída no bairro da Aldeia. O local indicado para tal feito é a arena da praça Rosa Blanco. Porém, o gestor acredita que o local possa fazer surgir novas polêmicas.

 

Atualmente a escola recebe um público de 690 alunos do ensino fundamental além do Ensino de Jovens e Adultos, o EJA.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes