Policia trabalha com diversas linhas de investigações no assassinato de Jairo Sousa

26/06/2018

Reportagem de

 

A Divisão de Homicídios do Estado do Pará, que apura a morte do radialista Jairo Sousa, ocorrida na manhã de quinta, 21, trabalha com vários nomes e diversas motivações que puderam levar ao assassinato do profissional.

 

Os nomes ainda são mantidos em sigilo pela polícia para que não haja interferência no processo de investigação. Mas é sabido que durante suas atuações na rádio, através de seus programas, Jairo Sousa era perseverante em fazer denúncias, incluindo nomes de políticos, de empresários e criminosos, nomes estes reforçados por amigos e familiares em depoimentos a polícia.

 

Ao longo de sua jornada, o radialista adquiriu muitos inimigos, e portanto, todos são considerados suspeitos em sua morte.

 

Jairo Sousa foi morto após ser atingido por dois tiros pelas costas no momento em que chegava para o trabalho. O radialista morreu minutos depois no Hospital Santo Antônio Maria Zacarias.

 

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes