Mesários passam por treinamento em Bragança para as Eleições 2018

11/09/2018

Reportagem de

 

Mais de 1 mil mesários passam por treinamentos no município de Bragança, nordeste do Pará. Eles atuarão durante as Eleições 2018.

 

Os treinamentos ocorrem desde o dia 03 de setembro, no auditório do Campus da Universidade Federal do Pará, no bairro da Aldeia, até o dia 13.

 

A 13ª Zona Eleitoral corresponde aos municípios de Bragança e Tracuateua, e abrange um total aproximado de 102 mil eleitores, que devem ir nos mais de 360 locais de votação para eleger os deputados estaduais, federais, senadores, governador e presidente.

 

Quatro técnicos do TRE-Pa realizam os treinamentos. As turmas são dividias em grupos de 80, pela manha e tarde. O horário da manhã é exclusivo a pessoas que irão atuar no interior.

 

Basicamente, os treinamentos instruem os mesários a lidarem com as urnas, inclusive de possíveis problemas técnicos.

 

As funções de mesários são divididas da seguinte forma: Presidente/ Primeiro Mesário/ Segundo Mesário e Secretário. As pessoas a exercerem estas funções são convocados pelo Tribunal Superior Eleitoral.

 

A orientação é necessária e obrigatória a todos que receberam uma carta do TRE fazendo a convocação. Quem não comparecer ao chamado pode ser penalizado. Em casos de dificuldade de participação, o voluntário deve comunicar ao TRE antes do dia agendado.

 

Além de contribuir com a Justiça Eleitoral, no exercício da cidadania, ser mesário assegura ao cidadão algumas vantagens:

 

  • Dispensa do trabalho pelo dobro dos dias de convocação, sem prejuízo de salário, mediante declaração expedida pela Justiça Eleitoral (Lei 9.504/97, art. 98);

  • O exercício das atividades de mesário será considerado como critério de desempate em concursos públicos, no âmbito da Justiça Eleitoral, bem como em outros certames, desde que haja previsão no respectivo edital;

  • Crédito nas atividades complementares/extracurriculares para os alunos das IES - Instituições de Ensino Superior conveniadas à Justiça Eleitoral.

 

Além dos mesários convocados, outros podem assumir as funções de forma voluntária. Basta o eleitor ser maior de 18 anos e está em situação regular perante a Justiça Eleitoral.

 

Quem não pode ser Mesário são:

  • os candidatos e seus parentes, ainda que por afinidade, até o segundo grau inclusive, e também o cônjuge;

  • Os membros de diretórios de partidos políticos caso exerçam função executiva;

  • As autoridades e agentes policiais, bem como os funcionários no desempenho de cargos de confiança do Executivo;

  • E também, os que pertencerem ao serviço eleitoral.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes