Água de serviço de limpeza do rio Caeté invade barracas de comerciantes

10/10/2018

Reportagem de

 

Com a máquina vem tudo, além do lixo e sedimentos, vem vida. É a força programada para limpar o Rio Caeté.

 

O trabalho é em sua essência um grande desafio para quem deseja que o rio seja limpo. Mas do outro lado, é notório que muita gente precisa se educar mais, dada a quantidade de lixo retirado da orla.

 

Até aí, tudo bem. Em meio aos trabalhos que estão sendo feitos, faltou planejamento para que os comerciantes que operam no local não fossem prejudicados, pois a água que vem através das bombas está invadindo as barradas dos comerciantes, como ocorreu na manhã desta quarta, 10.

 

Produtos alimentícios como frutas, legumes e verduras são vendidos nas barracas posicionadas em frente ao Mercado da Carne, no município de Bragança. Porém, o trabalho de limpeza do Rio Caeté, executado por uma empresa licitada do governo municipal, está prejudicando as vendas e as mercadorias dos comerciantes.

 

Em alguns casos, a água separa em quase dois metros comerciante de cliente.

 

A barraca do seu Paulo foi diretamente afetada. Ele conta os prejuízos.

 

Quando nossa equipe chegou ao local, a máquina funcionava a todo vapor, mas logo depois foi desligada.

 

Sem querer gravar entrevista, o responsável pelo serviço, Camilo Dias, disse a nossa equipe de reportagem que os comerciantes foram avisados de que os trabalhos da empresa afetariam suas barracas. Mas não informou se a gestão municipal havia apresentado uma alternativa para os comerciantes enquanto os serviços acontecessem no local. Camilo ainda disse, que para sanar os transtornos colocará piçarra no local para formação de barreira, com a finalidade de impedir a passagem da água.

 

Perguntamos aos comerciantes se o eles foram avisados sobre as consequências dos trabalhos, todos disseram que não.

Tentamos contato com a Secretária Municipal de Meio Ambiente, mas não conseguimos falar com a pessoa responsável.

Procuramos também a assessoria de comunicação da prefeitura para se posicionar, até o fechamento desta reportagem nenhuma resposta foi dada.

 

O serviço de limpeza do rio Caeté através de uma máquina de sucção começou na quarta-feira, 03, da semana passada. O objetivo é melhorar a situação de assoreamento do rio e retirada de lixo. O valor destinado aos trabalhos é de R$ 325.552,50, recurso próprio da prefeitura. O prazo de duração é de 90 dias.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes