Moradores do Marrocos pedem assistência do poder público

10/10/2018

Reportagem de

 

Metade da população mundial vive em cidades, em espaços urbanos, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU). No Brasil, esse número é ainda maior. Segundo dados do Censo, organizado pelo IBGE, quase 85% da população brasileira vive em cidades.

 

Os espaços urbanos proporcionaram às pessoas uma série de serviços e condições de habitações que possibilitaram uma melhoria em suas vidas. Mas mesmo com essas melhorias, a vida na cidade é permeada de problemas. Na comunidade do Marrocos podemos perceber a carência em saneamento básico, assistência social e saúde. Área de periferia do município de Bragança, os moradores reclamam da necessidade de um olhar mais humano para eles e as varias famílias que moram no local.

 

Para seu José a espera já dura muito tempo. Ele fala sobre a dificuldade em não ter um posto médico no local, na comunidade não tem agua encanada e isso dificulta ainda mais a realidade dos moradores. Ele faz uma apelo ao poder público, pede que área seja vista com mais atenção e assistência que ajude eles a terem uma vida mais digna.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes