Beneficiários do BPC devem procurar o Bolsa Família para se cadastrar ou terão benefício suspenso

30/10/2018

Reportagem de

 

O Benefício de Prestação Continuada, ou BPC como é conhecido, passa por atualização. Através de uma portaria interministerial, a de nº 5/2017, idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência que recebem o benefício, devem procurar o prédio do Bolsa Família para fazerem seu cadastro no CadÚnico do Governo Federal, como afirma Marta Machado, coordenadora do Cadastro Único do Bolsa Família.

 

O prazo que já foi prorrogado deve encerrar no dia 31 de dezembro de 2018. E quem não fizer o cadastro, está sujeito a ter o benefício suspenso.

 

Em Bragança, 720 idosos recebem o benefício, mas apenas 331 já estão cadastrados. Estes idosos são aqueles que recebem o salário, porém estão isentos do 13º. Já o público de pessoas com deficiência no programa é de 1.450, e apenas 40,4% deste total está cadastrado.

 

Necessariamente, para fazer o cadastro, nem o idoso e nem a pessoa com deficiência deve ir ao prédio do Bolsa Família, como informa Marta Machado.

 

A prefeitura de Bragança, por meio da secretaria de trabalho e promoção social, tem informado a comunidade sobre a importância do cadastro, através de cartazes, panfletos, folders, e também por meio de palestras.

 

Ao procurar o CadÚnico, o beneficiado deve apresentar documentos pessoais e de pessoas da família, como CPF, para comprovação de renda.

 

O prédio do Bolsa Família em Bragança está localizado na Trav. 13 de maio, no centro, próximo a Casa das 13 Janelas, e funciona de segunda a quinta-feira, das 7 às 18h.

 

O processo de atualização do cadastro ocorre a cada 2 anos.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes