Eleitor que não votou nos dois turnos já pode justificar

31/10/2018

Reportagem de

 

Após o turbulento período eleitoral 2018, o cartório da 13ª Zona Eleitoral se reorganiza para atendimentos normais.

 

As urnas usadas no pleito serão reconduzidas para Ananindeua, aonde são guardadas com segurança, como afirma Alda Góes, chefe de cartório eleitoral de Bragança.

 

Desde terça-feira, 30, o processo de justificativa para quem não votou acontece no prédio. Para cada turno de Eleição, o eleitor ausente, tem até 60 dias para justificar, sujeito a suspensão de título ou multa, além de outras punições.

 

Por exemplo, quem não justifica, o eleitor não pode obter passaporte ou nova carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimento de ensino público, inscrever-se para concurso público, tomar posse em cargo público, receber vencimentos de função pública, participar de concorrência pública e obter empréstimo de órgão público.

 

Por isso é importante procurar o cartório para justificar ou usar o canal seguro do site do Tribunal Superior Eleitoral, orienta Alda Góes.

 

Quem não votou no primeiro turno tem até o dia 06 de dezembro para justificar. E quem não votou no segundo turno, até 27 de dezembro.

 

Em uma avaliação geral do processo eleitoral de Bragança, a chefe do cartório de Bragança avalia como positivo os trabalhos. No segundo turno, por exemplo, apenas uma urna foi substituída por apresentar travamento.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes