Divisão de Homicídios realiza mandados sobre o caso Jairo Sousa

16/11/2018

Reportagem de

 

A Divisão de Homicídios do Estado do Pará realizou uma grande operação no município de Bragança na manhã desta sexta-feira, 16, de mandados de busca e apreensão e prisão sobre o caso do radialista Jairo Sousa, morto em 21 de junho de 2018. Cerca de 30 policiais e mais de 07 viaturas descaracterizas estiveram envolvidos na ação.

 

A polícia especializada conseguiu efetuar 6 prisões na região, e há informações de que outras 3 já estavam presas, inclusive o assassino de Jairo.

 

A empresa Torre Forte, do empresário Dinho Lima, sobrinho do vereador César Monteiro, localizada na General Gurjão, bairro do Riozinho, foi um dos alvos da operação.

 

Enquanto que atividades aconteciam, todos os detidos eram encaminhados para a delegacia, mas nenhum foi apresentado a imprensa, e foram mantidos dentro das viaturas.

 

Por volta de 10 da manhã, os policiais encaminharam os detidos para a capital paraense para serem apresentados na Delegacia Geral.

 

Familiares da vítima acompanharam de perto os trabalhos. Uma das filhas, se emocionou agradecendo a polícia pela resposta efetiva e o resultado das investigações.

 

Entre os envolvidos na morte estão empresários e políticos. Diversos nomes foram citados, mas nenhum de forma oficial. Alguns inclusive, não foram encontrados em suas residências, portanto, são foragidos.

 

Todas as informações só serão repassadas pela polícia do caso na capital paraense.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes