Prêmio transparência e prisão de vereador são destaques na sessão desta quinta, 22

22/11/2018

Reportagem de

 

Na sessão legislativa desta quinta-feira, 22, dois assuntos foram destaques na plenária. O primeiro, sobre um prêmio conquistado pela presidência sobre prestação de contas, e o segundo, do vereador César Monteiro, que está preso acusado de ser um dos mandantes da morte do radialista Jairo Sousa, ocorrida em 21 de junho de 2018.

 

O título “100% Transparência” foi atribuído a gestão do vereador Gleidson Miranda, que conseguiu atender as exigências do Tribunal de Contas do Município.

 

Apesar do sucesso alcançado, o vereador declarou que não concorrerá à reeleição da presidência.

 

O outro assunto destaque se deu pela prisão de César Monteiro. Ele que estava foragido desde sexta-feira, 16, e que foi apresentado na tarde de terça-feira, 20, a Delegacia Geral da Policia Civil em Belém.

 

O vereador Rivaldo Miranda reforçou em tribuna que acompanhou o processo de entrega de César Monteiro como garantia da integridade física do acusado, que é considerado como peça importante na investigação.

 

Além de Rivaldo, apenas Renato Oliveira, Claudio da Van, Elder Santos e Bruno Lima tocaram no assunto da prisão.

 

Tirando César Monteiro que está preso, somente o vereador Charlão faltou. Irene Farias chegou no meio da sessão.

 

Em entrevista, o presidente da Câmara falou a imprensa os processos futuros sobre a situação de César na câmara.

 

Renato Oliveira aproveitou seu momento na tribuna para fazer denúncias.

 

A nova sessão está prevista para a próxima quinta-feira, 29.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes