Mesmo pagando iluminação pública, moradores convivem com escuridão no Perpétuo Socorro

17/01/2019

Reportagem de

 

Até parece matéria repetitiva, mas não é. Desta vez nossa equipe de reportagem está na rua Maria Braun, no Perpétuo Socorro, no conjunto Jardim Veredas dos Caetés, em Bragança, para denunciar a falta de iluminação pública na via. Mesmo pagando a taxa na conta de energia, os moradores estão sendo lesados. E durante a noite o local é um breu.

 

A professora aposentada Maria José Castelo Branco apresenta com orgulho as contas de energia, que inclusive são pagas pontualmente. Até selo de boa pagadora ela tem, mas está insatisfeita com o serviço de iluminação pública.

 

Para sair de casa a noite, só em casos excepcionais, e para isso chega a acionar um segurança.

 

O serviço de iluminação pública é de responsabilidade da gestão municipal. Nos últimos meses, o jornalismo do SBT já denunciou vários casos que até o momento permanecem sem solução.

 

A desculpa de sempre é que o órgão municipal está fazendo mapeamento para só então sanar os problemas.

 

Maria José disse em entrevista que procura a secretaria de infraestrutura desde 2015, mas até agora são só promessas.

 

Cansada de procurar a pasta, buscou o meio de comunicação. E se não houver solução, a aposentada ameaça procurar o Ministério Público.

 

Para não ser injusto em dizer que na rua as lâmpadas não funcionam, encontramos uma, que fica ligada o tempo todo, e além disso, fica distante das residências.

 

Nossa equipe de reportagem tentou contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Bragança, mas até o fechamento da matéria não conseguiu resposta.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes