Problemas estruturais deixam Escola do Estado no Treme sem aula

17/01/2019

Reportagem de

 

Na tarde da última quarta-feira, 15, a nossa equipe de reportagens foi à comunidade do Treme, a pedido da gestão da escola estadual Germano Garcia, mostrar as condições em que se encontra o prédio escolar. Devido às más condições de funcionamento, desde Dezembro, a instituição deixou de receber os estudantes, e por conta disso, o ano letivo de 2018 está interrompido.

 

Por todos os lados da escola, conseguimos perceber os problemas na infraestrutura; segundo a gestora da instituição, desde 2013, a escola vem enfrentando os transtornos, que segundo ela, atrapalham diretamente o desenvolvimento das atividades escolares.

 

Este vídeo foi gravado por funcionários da escola em uma tarde de chuva, apesar da imagem um pouco escura, dá pra perceber a quantidade de água que cai dentro da instituição, água que escorre pelo forro e pelas paredes.

 

Ainda de acordo com Conceição de Maria, a escola estadual é a única na comunidade que oferece ensino fundamental maior e ensino médio à população local. Sem o funcionamento da instituição, a maior parte dos estudantes precisa se deslocar por mais de sete quilômetros, até chegar em Bragança, cidade mais próxima e que possui outras escolas estaduais.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes