Bragantino bem que tentou, mas perdeu de 2x1 para o Paysandú

28/01/2019

Reportagem de

 

Foi um jogo bem disputado e digno de uma partida entre os dois grandes times do futebol paraense.

 

Após o jogo a frase que mais se ouvia era  "a bola pune" para justificar a excelente atuação do tubarão do Caeté, mas que no final acabou perdendo a partida.

 

O Paysandú conclamou a torcida e ela compareceu. Com uma grande festa e apesar do grande incentivo a torcida viu o Papão passar sufoco para vencer o tubarão do Caeté em plena Curuzú com um gol nos acréscimos. O placar foi de 2 a 1.

 

O Paysandu saiu na frente logo aos dois minutos como a cobrança de um pênalti cometido infantilmente pela zaga do Tubarão. A batida através do atacante Caio, fazendo Paysandú 1 a 0.

 

O Bragantino não se intimidou e foi em busca de um melhor resultado. Foi aí que após várias tentativas o Tubarão conseguiu empatar no final do primeiro tempo. Arian Taperaçu foi o autor do gol do empate do Bragantino.

 

Após uma bola lançada na área, ele apareceu no meio da zaga e tocou na bola que ainda bateu no travessão e ganhou o fundo das redes. Um a um foi o placar do primeiro tempo.

 

No segundo tempo algumas tentativas de ambos os lados, mas o jogo parecia muito disputado e o gol fatal veio no final da partida. Aos 49 minutos do segundo tempo, já nos acréscimos, quando a zaga do Bragantino deu bobeira novamente e Marcos Antônio após a cobrança de um tiro indireto apareceu no meio da área e colocou a bola para o fundo das redes fazendo 2 a 1, e decretando a vitória do Paysandu sobre o tubarão do Caeté.

 

Um pecado para o Bragantino que mereceu até vencer o bicolor paraense.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes