Escolas municipais de Bragança fazem parada de mobilização educacional

16/04/2019

Reportagem de

 

Hoje o corpo funcional das escolas municipais parou, mas foi para um bom motivo. Em momento de mobilização educacional a troca de experiência e conhecimento são itens fundamentais para o processo de aprendizagem.

 

Na escola Theodomira Lima, no bairro do Riozinho, a abertura contou com a participação do padre Carlos Afonso que dirigiu uma espiritualidade.

 

Para Vanditelma Gomes, gestora da escola, a reunião dos profissionais da educação é essencial para o ano letivo.

 

No centro das discussões, a contribuição de Paulo Freire para a educação do país, trazendo para o contexto do município assim como é a temática central da parada de mobilização. Com o tema “Educação em direitos humanos: a perspectiva libertadora da escola bragantina”, o objetivo fortalece a importância do ensino universal e inclusivo, como afirma a Mara Fabiane, gestora da escola municipal Santos Dumont, na Vila Sinhá.

 

A escola Santos Dumont também desenvolve atividades no cronograma de mobilização. Bem como palestras e mesas redondas.

 

A programação que abrange as escolas municipais ocorre durante todo dia.

 

Imagens: Donathan Lima

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes