Levantamento aponta que falta de atenção tem causado mortes de animais silvestres na BR 308

18/04/2019

Reportagem de

 

Segundo informações da Gestão Ambiental da BR 308, responsável pelos serviços de Supervisão Ambiental, Gerenciamento Ambiental e Execução de Programas Ambientais, umas das principais causas de mortes de animais silvestres ao longo da BR 308, entre Bragança a Viseu, é  a falta de atenção na estrada.

Conforme levantamento, desde junho de 2018 até março de 2019 foram registradas 25 mortes ao longo da BR 308/PA. Os dados apresentando não inclui mortes de animais domésticos.

As maiores vítimas são cobras, cachorro do mato, tamanduá-bandeira, gambá (mucura), aves e preguiça.
 

Imagens: Gestão Ambiental da BR 308

 

 

De outra forma, estando o motorista em alta velocidade é quase inevitável evitar o atropelamento, pois em muitos casos os animais surgem de surpresa, colocando em risco a vida do motorista que precisa fazer manobras radicais.


Para reduzir os números de mortes a equipe de Gestão Ambiental se programa para fazer  campanhas de sensibilização como blitzes educativas e panfletagem em trechos da BR 308/Pa.

Please reload

Em Destaque

Matéria reúne participação de legisladores da base aliada ao governo de Bragança

25/10/2019

1/10
Please reload

Recentes